Daniella Tinório

Com editoriais que valorizam a essência e o corpo da mulher negra, a estudante de moda Daniella Tinório homenageia as mulheres e sua sensualidade com a marca DMAMACITA.

Quero que resgatem o amor pelo corpo, o amor pela pele, o amor pelo cabelo, o amor pelo quadril grande ou pequeno, o amor pela identidade, pela sua ancestralidade, e, acima de tudo, o amor entre nós mulheres."

Daniella Tinório no espelho (e nas ruas da periferia), via curvas. Na internet, via padrões europeus. Nos cabines, numerações fictícias que oprimiam o seu corpo e o de todas as mulheres que conhecia. Negras, com bunda, cansadas de ter a autoestima destruída. Filha, neta e bisneta de costureira, Daniella criou sozinha a sua própria marca e costurou peça por peça, que eram pedidas – imploradas – pelo Instagram e Facebook. Na etiqueta da marca estão as verdades da estilista: "Quero que isso forme um ciclo de união entre nós, mulheres, que são a minha maior motivação para continuar criando. Quero nos deixar mais poderosas, autênticas e fortes para enfrentar o mundo." Confiante na pele que tem, Daniella lotou seu primeiro desfile no Rolê, casa de shows no Anhangabaú com capacidade para 500 pessoas. Na fila, todas as convidadas usavam DMAMACITA.

Foto: Vivi Bacco